Oxum

Orixá da feminilidade, da fertilidade, ligada ao rio Oxogbo, em Ijexa (Nigéria). Senhora das águas doces, dos rios, das águas quase paradas das lagoas não pantanosas, das cachoeiras e, em algumas qualidades e situações, também da beira-mar. Perfumes, joias, colares, pulseiras, espelho alimentam sua graça e beleza.

Filha predileta de Oxalá e de Iemanjá foi esposa de Oxossi, de Ogum e, posteriormente, de Xangô (segunda esposa). Senhora do ouro (na África, do cobre), das riquezas, do amor. Orixá da fertilidade, da maternidade, a ela se associam as crianças. Nas Lendas em torno de Oxum, a menstruação, a maternidade, a fertilidade, enfim, tudo o que se relaciona ao universo feminino, e valorizado. Entre os Iorubas, tem o titulo de Ialode (senhora, lady), comandando as mulheres, arbitrando litígios e responsabilizando-se pela ordem na feira.

No jogo dos búzios a ela que formula as perguntas, respondidas por Exu. Os filhos de Oxum costumam ter boa comunicação, inclusive no que tange a presságios. Oxum, Orixá do amor, favorece a riqueza espiritual e material, alem de estimular sentimentos como amor, fraternidade e união.

Caracteristicas

Animal: Pomba e Pomba-rola. Bebida: Champanhe. Chacra: Umbilical. Cor: Marrom, Amarelo. Comidas: Banana frita Ipete, omolucum, moqueca de peixe e pirão (com cabeça de peixe) e quindim. Dia da semana: Sábado. Elemento: água. Sincretismo: Nossa Senhora Aparecida.

Qualidades de Oxum

Oxum Jimun Qualidade que pode ter filhos, mas não incorpora neles. Assentada separadamente de outros Orixás, ligada a Ia Mi Oxoronga.

Oxum Ajagira Caminha com Exus.

Oxum Panda Qualidade guerreira, manca de uma perna.

Oxum Kare Também qualidade guerreira.

Oxum Apara Guerreira, caminha com Iansã e Ogum. Apresenta quizila com Iemanjá.

Oguntê, o que representa o encontro das águas (rio e mar).

Oxum Aboto Qualidade de Oxum que gosta de leque.

Oxum Abalo Ligada aos Ibejis, gosta de crianças. Tanto seus assentamentos quanto suas obrigações podem ser acompanhadas de brinquedos. Embora seu assentamento não contenha areia, gosta desse elemento, recebendo oferendas na areia do rio ou da praia. Propicia filhos e favorece bons partos.

Oxum Toquen Qualidade calma de Oxum.

Oxum Ianla Caminha com Oxalá e se veste de branco. Suas comidas não são temperadas com dendê, mas com azeite doce.

Ieie Oke Esposa de Ode, mãe de Logun-Ede.

Ieie Oga Qualidade velha de Oxum, velha, brigona, resmungona.

Oxum Merim Jovem, vaidosa, rainha.

Oxum Oloxa Caminha com Nana, habita (ponto de natureza – ponto de força) o fundo do lago, e e cultuada em separado das outras qualidades de Oxum.

Ieie Oloko Ligada ao Orixá Ossaim.

Ieie Sissi Caminha com Obaluaie, tambem ligada a Xangô.

Ieie Odo Ligada a Iemanjá, pode ser cultuada em águas salgadas.

Arquétipo

O arquétipo de Oxum e das mulheres graciosas e elegantes, com paixão pelas joias, perfumes e vestimentas caras. Os filhos de Oxum, a Rainha da água doce, dona dos rios e das cachoeiras, carregam o tipo de Iemanjá.

A maternidade e sua grande forca, tanto que quando uma mulher tem dificuldade para engravidar, e a Oxum que se pede ajuda (pelo Amalá). A diferença maior e a vaidade.

Filhos de Oxum amam espelhos (a figura de Oxum carrega um espelho na mão), joias caras, ouro, são impecáveis no trajar e não se exibem publicamente sem primeiro cuidar da vestimenta e a mulher do cabelo e da pintura. Normalmente tem uma facilidade muito grande para o choro. São emotivos.

Voltar