estrela.gif.gif estrela.gif.gif estrela.gif.gif estrela.gif.gif
estrela.gif.gif estrela.gif.gif estrela.gif.gif estrela.gif.gif
saojorge2

O conteúdo desta página requer uma versão mais recente do Adobe Flash Player.

Obter Adobe Flash player

estrela2
 
estrela.gif.gif estrela.gif.gif estrela.gif.gif estrela.gif.gif
estrela.gif.gif estrela.gif.gif estrela.gif.gif estrela.gif.gif

VEJA NOSSA LOCALIZAÇÃO CLIQUE AQUI

 
 

PRECE AO MESTRE ZÉ PELINTRA CLIQUE AQUI

 
*** Relogio Digital ***

CONTADOR DE VISITAS

contador de acesso grátis

 
 
artesanato

ARTESANATO E CIA

http://artesanatosdamonny.blogspot.com.br/

PRODUTOS DE PRIMEIRA QUALIDADE

CLIQUE AQUI

 

LIÇÃO DE VIDA

 

Certo dia, uma mulher avistou um mendigo, sentado numa calçada na Rua......LEIA MAIS

 

NOSSA CASA

 

A casa é sem fins lucrativos e tem por objetivo dar Auxilio Espiritual e Assistencial a quem nos procure e assim ajudamos das seguintes formas:
1. Atendimento Espiritual Gratuito ao público todas as quartas-feiras das 19 às 22 Horas. Nas Datas Festivas é oferecida comida típica de cada Orixá.

2. Campanha de distribuição de alimentos e roupas 01 vez ao mês às famílias carentes. ACEITAMOS TODO TIPO DE DOAÇÕES.

3. Campanha de distribuição de brinquedos no dia das Crianças. Onde levamos um pouquinho de alegria e esperança às crianças carentes, onde são esquecidas em sua pobreza.

4. Distribuição de cestas básicas para famílias cadastradas em nossa Tenda.

"A caridade é o processo de somar alegrias, diminuir males, multiplicar esperanças e dividir a felicidade para que a Terra se realize na condição do esperado Reino de Deus."
(Emmanuel)

Para maiores informações entre em Contato conosco!

MOMENTO DE FÉ PRECE DE CÁRITAS

   
 

2018 ano de Xangô, Yançã e Exú

 

XANGÔ

Xangô é o senhor do fogo, dos coriscos, rei das pedreiras, orixá da justiça, aquele que gera o poder da política. Saudamos Xangô no ribombar dos trovões, pois ali está a sua voz, sentimos sua presença nos raios e nos grandes incêndios, situações que, por sinal, são também regidas por Iansan. Xangô é a síntese do poder, o poder é o seu prazer, Xangô nasce do poder, rei absoluto, forte, imbatível, é rei entre os reis, manda nos poderosos, manda em seu reino e nos reinos vizinhos. É o orixá que reinou em Oió, antiga capital política da Nigéria. Nas terras de Oió, doze ministros eram responsáveis pela administração da cidade, no entanto, a palavra final cabia aquele que entre os reis era o senhor: Xangô, o grande soberano de Oió, o rei por excelência.
Cultuar Xangô é nossa obrigação, conseguir atraí-lo para junto de nós e usufruir de seu poder é uma dádiva. Xangô gosta de tudo o que é quente, pois o calor lembra a vida, que para ele é a maior de todas as riquezas. Nada em seu culto pode ser mórbido, sua comida não pode ser servida fria, o dia de seu culto não deve ser frio, tudo precisa estar vivo, quente e intenso para saudar a chegada de Xangô. Amigo das delícias da vida, Xangô deve ser servido como se muitos fossem comer com ele. Um prato ofertado a Xangô deve ter apresentação impecável, ter tempero marcante, ser farto. Afinal, um rei com doze ministros, três rainhas e uma multidão para governar não pode ser recebido com mesquinharia. Toda comida de Xangô deve ser consumida ainda quente, Xangô não come nada frio, ele rejeita o que não está quente, rejeita o que não está vivo.
Xangô é o orixá que incorpora com perfeição os valores da boa vida. Seu poder também se expressa em suas evocações, suas cantigas e orikís (versos sagrados), que falam de suas preferências gastronômicas, do medo que ele desperta, de sua imortalidade.
A imagem do poder está sempre associada a Xangô. O poder real lhe é devido por ter sido o quarto rei de Oió. Segundo dados históricos, Xangô destronou o próprio irmão com um golpe militar. A personalidade paciente e tolerante do irmão o irritava, e certamente também ao povo de Oió, que o apoiou para que ele se tornasse o seu grande rei, até hoje lembrado. Xangô é o rei que não aceita contestação, todos sabem seus méritos e reconhecem que seu poder, antes de ser conquistado pela opressão e pela força, é merecido pois Xangô soube inspirar a credibilidade de seus súditos, tomou decisões acertadas e sábias e sobretudo demonstrou a sua capacidade para o comando, persuadindo a todos não só por seu poder repressivo como por seu senso de justiça muito apurado e por vezes catastrófico.

 

IANSÃ

Deusa da espada de fogo, Dona das paixões, Iansã é a Rainha dos raios, dos ciclones, furacões, tufões, vendavais. Orixá do fogo, guerreira e poderosa. Mãe dos eguns, guia dos espíritos desencarnados, Senhora dos cemitérios.
Não é muito difícil depararmo-nos com a força da Natureza denominada Iansã (ou Oyá). Convivemos com ela, diariamente. 
Iansã é o vento, a brisa que alivia o calor. Iansã é também o calor, a quentura, o abafamento. É o tremular dos panos, das árvores, dos cabelos. É a lava vulcânica destruidora. Ela é o fogo, o incêndio, a devastação pelas chamas. 
Oyá é o raio, a beleza deste fenômeno natural. É o seu poder. É a eletricidade. Iansã está presente no ato simples de acendermos uma lâmpada ou uma vela. Ela é o choque elétrico, a energia que gera o funcionamento de rádios, televisões, máquinas e outros aparelhos. Iansã é a energia viva, pulsante, vibrante.
Sentimos Iansã nos ventos fortes, nos deslocamentos dos objetos sem vida. Orixá da provocação e do ciúme.

EXÚ

Ano da verdade – Com a regência interpretada para Exu, o Orixá da Comunicação, 2018 será um ano em que a verdade será exposta. Nenhuma verdade será escondida, tanto de você para os outros,  quanto dos outros para você.
Devido a influência de Exu, 2018 é considerado, desde já, um ano de TELHADO DE VIDRO. Portanto mantenha o seu “telhado” iluminado, limpo, transparente, com boas vibrações, ações salutares em benefício do próximo. Comentários desnecessários podem trincar as telhas e trazer a exposição. Como sempre falamos: “seja VERDADEIRO e os Orixás lhe apoiarão”.

 

   

O Bom Médium

 

Sabe-se que cada casa tem suas normas internas, que cada pai ou mãe implanta seus sistemas, porém ..... LEIA MAIS

   
   

LEIS E DIREITOS



Diz a Constituição Federal de 1.988, no artigo 5º, parágrafo V 1: " É inviolável a liberdade de consciência e de crença, sendo assegurado o livre exercício dos cultos religiosos e garantida, na forma da lei, a proteção aos locais de culto e suas liturgias" .

LEI Nº 9.512, de 27 de novembro de 1997.
Revoga o art. 27 do Decreto-lei nº 3.688, de 3 de outubro de 1941 - Lei das Contravenções Penais.

O PRESIDENTE DA REPÚBLICA
Faço saber que o Congresso Nacional decreta e eu sanciono a seguinte Lei:
Art. 1º Fica revogado o art. 27 do Decreto - lei nº 3.688, de 3 de outubro de 1941 - Lei das Contravenções Penais.
Art. 2º Esta lei entra em vigor na data de sua publicação.
Art. 3º Revogam-se as disposições em contrário.
Brasília, 27 de novembro de 1.997, 176º da Independência e 109º da República.
FERNANDO HENRIQUE CARDOSO

FONTE: Diário Oficial IMPRENSA NACIONAL - BRASÍLIA - DF
ANO CXXXV - Nº 231 SEXTA-FEIRA,28 DE NOVEMBRO DE 1.997

   
 

CLIQUE AQUI...

E DEIXE SEU COMENTÁRIO

 

   
   

 

entrada
 
rodape